Metamorfose juvenil

    Por: Paulo J. G. de Souza
Fatos acontecem em minha vida,
Pareço não ter saída,
Estou preso em uma caixa de ilusões e confusões.

Muita coisa deve estar mudando,
Meu corpo se transformando,
Minhas atitudes e minhas ações.

Penso não depender mais de ninguém,
De mim mesmo virei refém,
Não entendo nem meus pensamentos.


Parece que não sou mais eu,
O que foi que aconteceu?
É uma mistura de revolta e sofrimento.

Já desconheço meu caminho,
Piso em pedras e espinhos,
Vejo tanta coisa nova.

Começo a perceber meu crescimento,
Reflito por um momento,
Devo pôr meu corpo à prova?

Frases, falas, fotos e atos tão vulgares,
Vejo perversão em todos os lugares,
Tantos pensamentos indecentes.

Comecei a entender tudo,
Hoje vivo em outro mundo,
Deixei de ser inocente,
Me tornei adolescente.

Comentários